P E Q U I M

Ir em baixo

P E Q U I M

Mensagem por Narrador em Ter Fev 24, 2015 1:25 pm


PEQUIM


Saudações; Convidado

Pequim, oficialmente designada como Beijing (em mandarim, capital do Norte), a segunda maior urbe do país (depois de Xangai), é o centro político, cultural e intelectual da China. Com um passado imenso, encontra-se muito bem representada nas listas do Património Mundial da UNESCO, que integram monumentos incontornáveis, como a Cidade Proibida, a Grande Muralha, o Palácio de Verão ou o Templo do Céu.
Não é por acaso que Pequim é hoje um dos destinos mais visitados do Planeta. Afinal, estão lá os principais atrativos turísticos da potência que mais cresce a nível mundial. Uma viagem ao Oriente não é completa sem passar por Beijing, um lugar agora para ir e voltar muitas vezes.
De recordar que Beijing preparou-se de uma forma obsessiva e sistemática para receber os Jogos Olímpicos de 2008 - jogos típicos da população TROUXA -  que, além das transformações físicas, o Governo fez um trabalho enorme de consciencialização para a população receber bem os turistas.
Desde aí, circular na cidade tornou-se muito mais fácil, as pessoas começaram a falar muito mais inglês, assim como as placas, os sinais e até as ementas dos restaurantes passaram a estar muito mais acessíveis para os visitantes estrangeiros.
Vista Panorâmica de Pequim

PONTOS TURÍSTICOS

1)Cidade Proibida - A Cidade Proibida é um imenso complexo situado no centro da capital da China, Beijing. Possui cerca de 1000 edifícios (incluindo palácios, templos, parques, lagos) que ocupam 720 mil metros quadrados de área. Reza a lenda que há 9999 salas/quartos, mas alguns dizem que é uma lenda por conta do número 9 ser auspicioso. É também o maior palácio antigo do mundo.
O seu nome em mandarim “Zijin Cheng”possui muitos significados. Zi, roxo/violeta, refere-se a Estrela do Norte, que na China antiga, foi chamado de estrela Ziwei -紫微, e na astrologia tradicional chinesa foi a morada do Imperador Celestial. A Cidade Proibida, seria a residência do Imperador Terrestre, sua contra parte terrena. Jin, ou “proibido”, referia-se ao fato de que ninguém poderia entrar ou sair do palácio sem a permissão do imperador. Cheng significa uma cidade.
Hoje, o local é mais conhecido pelos chineses como GuGong (故宫), que significa o ex-palácio. E também como Museu do Palácio故宫 博物院 – GuGong Bówùyù
A construção da Cidade Proibida foi ordenada pelo imperador Chengzu da dinastia Ming em 1406. A Cidade Proibida tem mais de 600 anos, e levou 14 anos para ser construída.
A Cidade Proibida foi construída como uma fortaleza para proteger o imperador e sua família, e é rodeada por um muro de quase 8 metros de altura, com 9 metros de largura na base e quase 6.6 metros no topo. Além de um fosso que circunda todo o complexo.
Cidade Proibida

2)A Grande Muralha - Ir à China e não visitar a Grande Muralha é quase carregar uma Maldição que nem MERLIM, nos livra.. Trata-se da maior obra de engenharia do país, e embora várias grandes obras fiquem noutras localidades do norte da China, as partes mais majestosas ficam na província de Pequim. Entre os pontos mais turísticos e mais bem preservados fica a Muralha. É precisamente por isso que há mais turistas ali, querendo acampar.
Horário de abertura : De abril a outubro: das 06:00 às 19:00; de novembro a março: das 07:00 às 18:00.
Preço: 45 Galeões por pessoa.
A Muralha de Pequim

3)O Palácio de Verão - O Antigo Palácio de Verão, conhecido na China como os "Jardins da Perfeita Claridade"  e originalmente chamado de "Jardins Imperiais", foi um complexo de palácios e jardins situados 8 km (5 milhas) a noroeste das muralhas de Pequim, construído no século XVIII e início do século XIX, onde os imperadores da Dinastia Qing residiam e tratavam de assuntos governamentais .
Conhecidos pela sua extensa coleção de jardins, pela arquitetura dos seus edifícios e por outras obras de arte, os Jardins Imperiais foram inteiramente destruídos pelas tropas britânicas e francesas em 1860. Atualmente, a destruição dos Jardins do Perfeito Brilho ainda é vista, na China, como uma agressão estrangeira e uma humilhação.
Palácio de Verão
Palácio de Verão - 01

4) Templo do Céu - Localizado alguns quilômetros ao sul da praça Tiananmen, o Templo do Céu (Tian Tan Gongyuan) é um dos mais belos monumentos arquitetônicos da cidade e é listado como patrimônio da humanidade pela Unesco. Inserido dentro de um amplo e agradável parque urbano, a principal atração é o templo circular, utilizado para orações do imperador para boas colheitas. Seus elegante telhado triplo e riquíssima decoração o tornam um dos mais belos edifícios de toda a China. Construído originalmente no século 15 e reconstruído em 1889, não foi utilizado nenhum prego ou parafuso em sua edificação, apenas bem elaborados encaixes em um arranjo que representa as estações do ano, os meses e 12 divisões tradicionais do dia. A localização do templo sobre uma plataforma tríplice de mármore dão ao conjunto uma atmosfera ainda mais cerimonial.
Uma longa plataforma elevada no eixo norte-sul conecta o templo ao Altar Circular, a outra grande atração do parque. Nove círculos concêntricos formados por partes de mármores arranjadas em múltiplos de nove chegam a um ponto simbolizando o centro do universo. Onde hoje uma multidão de turistas se estapeia para tirar uma foto no ponto central, sacrifícios aos deuses eram conduzidos pelo imperador e seus sacerdotes.
Não deixe de circular pelo parque para apreciar um pouco os bem cuidados jardins e pessoas praticando taichi shuan.
Curiosidade: não existe um Templo do Céu propriamente dito. Esse se tornou um nome genérico para todo o parque.
Templo do Céu
Templo do Céu - 01
Templo do Céu - Jardins



HP Universidade
avatar
Narrador
Administradores
Administradores

Mensagens : 584

Ver perfil do usuário http://hpuniversidade.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum